Home / Últimas Notícias / Análise / Mercado: Como anda o financiamento das montadoras?

Mercado: Como anda o financiamento das montadoras?

O BNDES, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, segue como a principal fonte de recursos para as montadoras que planejam investimentos para o Brasil.

Dados divulgados pela instituição mostram diversas empresas automotivas na lista dos maiores tomadores de empréstimo do banco na série histórica que começa em 2004, ao lado de empresas de energia, de construção civil e até de alguns estados brasileiros.

Pensando no mercado automotivo, o governo aprovou no final de 2018 o projeto Rota 2030, um novo regime tributário para as montadoras de veículos no Brasil que estimula investimentos em pesquisa e desenvolvimento de produtos e tecnologias.

O Programa Rota 2030 – Mobilidade e Logística substitui o Inovar-Auto, que vigorou entre 2013 e 2017. Assim como a política anterior, o Rota 2030 baseia-se em incentivos fiscais. A principal medida do novo regime é a concessão de até R$ 1,5 bilhão por ano de crédito tributário à indústria, caso as montadoras participantes do Rota 2030 invistam ao menos R$ 5 bilhões ao ano em pesquisa e desenvolvimento.

O “Rota 2030” será dividido em três etapas, cada uma delas durando cinco anos e será válido para os próximos 15 anos.

Veja algumas tabelas com dados do BNDES abaixo (clique nas imagens para ampliar):

 

 

 

Por: AB Inteligência
Fotos: Divulgação

 

Comente esta matéria

Fique tranquilo: o seu endereço de e-mail é apenas para controle interno e não será publicado. Os campos marcados são de preenchimento obrigatório! *

*

Voltar ao topo