Home / Destaques / Universo Corzus: onde os aficionados por som se encontram

Universo Corzus: onde os aficionados por som se encontram

Empresa apresenta, nas linhas de produtos, a junção entre tecnologia, qualidade e soluções para o instalador.

Em atividade oficialmente desde 1992, a Corzus surgiu da união de dois amigos que gostavam muito de carros e som, e que tinham como profissão a engenharia eletrônica. “O Carlos tinha uma eletrônica, trabalhava com outros tipos de aparelhos eletrônicos, como TV. E eu trabalhava no setor de desenvolvimento, fazia o que chamávamos de engenharia reversa, que nada mais era que trazer produtos de fora e desenvolver aqui”, afirma o diretor Eduardo Sciammarella.

Os sócios, Eduardo Sciammarella e Carlos Faccini (diretor técnico), para atender a uma pequena demanda de amigos do bairro e dos encontros de final de semana, decidiram desenvolver o primeiro amplificador. E daí por diante não pararam mais!

“Criou-se então o Universo Corzus. Não tínhamos opção de amplificador aqui no Brasil, eram poucos os fabricantes e percebemos essa carência do mercado. A demanda que inicialmente era pequena foi crescendo e vimos uma oportunidade de fazer do que era apenas uma paixão, também um negócio”, conta Eduardo.

Preparação dos fios: processo minucioso

Com quase 30 anos de história, pode-se dizer que a Corzus cresceu e se desenvolveu junto com o mercado de som automotivo no Brasil. Eduardo conta que muitos processos que a Corzus realizava lá no começo, continuam e ele acredita que permanecerão – o contato com o cliente para identificar tendência é um deles.

“Nós realizávamos um trabalho de formiguinha, visitávamos lojistas, tentávamos entender a necessidade deles, viajávamos para fora do país para ver o que estava acontecendo lá fora para trazer para o Brasil, e isso na verdade é um processo que continua a ser realizado”.

Para Eduardo, o que talvez tenha mudado muito neste tempo todo, seja a troca de informações entre as empresas do setor: “Um monte de gente que fez desse mercado o que ele é hoje começou nesta época, as próprias revistas, os organizadores de eventos e competições, nessa década de 90. O nosso mercado apesar de ser relativamente pequeno, antes era menor ainda. E a troca de conteúdo entre as empresas acontecia de forma natural, nos desenvolvíamos juntos. Hoje essa ação está mais difícil”, afirma o diretor.

Certificado que a marca ganhou ao alcançar “registro mundial de som insano”, no parque do pião de Barretos

Linha de Produtos Corzus

A Corzus iniciou as atividades com o lançamento de um modelo de amplificador, e atualmente possui 22 modelos de produtos (em linha). Entre os produtos oferecidos estão: amplificadores, caixas amplificadas, alto-falantes, processadores, fontes e inversores. Das linhas: Spectro, Line Z e Revolution. Existem produtos na Corzus que resistem ao mercado.

“São produtos que funcionaram tão bem, que mesmo tentando, não conseguimos retirar do mercado. O CR703 é um deles. É um amplificador booster, que usa uma tecnologia de 20 anos atrás e é vendido até hoje”, afirma Eduardo.

Eduardo Sciammarella e Carlos Faccini, sócios e gestores da empresa

Segundo o diretor, o grande desafio da Empresa sempre foi o de desenvolver produtos que resistissem ao mercado. “Fazer um produto hoje, não é difícil, agora conseguir desenvolver um produto que permaneça, mesmo com todas as dificuldades e na outra ponta a má formação dos instaladores, isso é bem difícil”, conta.

Competições Automotivas

A Corzus sempre participou dos Campeonatos de Som. Uma passada de olhos na sala do Eduardo Sciammarella e você logo percebe a quantidade de troféus conquistados pela empresa ao longo dos anos.

“Nós sempre montamos carros e sempre participamos. É um marketing positivo. Além de ter o seu produto testado no limite. Você saber o que você está fabricando no extremo é sempre melhor. Você desenvolve um produto para tocar 100W, o competidor vai querer ver ele tocar 200W e vai no limite, porque ele também está buscando o melhor. Se ele está buscando um recorde ele tem que buscar algo diferente dos outros e para nós isso é muito importante”, afirma Eduardo.

A Corzus ficou um tempo afastada, pois sentiu que depois de um período que não se tinha nada, houve um crescimento exponencial e com ele uma banalização das coisas. “Não fazia mais sentido participarmos, e só voltamos quando entendemos que as competições que permaneceram são as comprometidas com o setor”.

A Empresa acredita tanto nisso, que os competidores que representam a marca Corzus são selecionados com critério. “Os melhores competidores eram os entusiastas e até hoje acabamos nos encontrando nos eventos. Recebemos sim vários e-mails de interessados, mas acabamos encontrando competidores vendo o trabalho deles no dia a dia e identificando neles objetivos e paixões semelhantes aos nossos”, conta.

Relacionamento Comercial

A Corzus tem atuação no Brasil todo e em vários países do Mundo, como: Espanha, Itália, México, Trinidade Tobago, Porto Rico, Argentina, Bolívia e na África do Sul. O relacionamento comercial no Brasil é estruturado com a rede de distribuição e representantes.

“Desde o quinto ano de existência da Corzus optamos por trabalhar com a rede de distribuição, devido a logística e alcance que é muito maior e o nosso objetivo era a produção. Com os lojistas, por mais que você tenha até uma margem melhor para trabalhar, o trabalho é muito maior e não tem o alcance que conseguimos com os distribuidores”, conta.

Como o alcance da Empresa é muito amplo, os produtos acabam tendo repercussão diferente de região para região. “Muda muito! Um produto que vende muito no Sudeste, não é o mesmo em outra região. E até o uso do produto, que as vezes é utilizado para um determinado projeto numa região, é utilizado para outro totalmente diferente”, afirma Eduardo.

Mesmo tendo abrangência nacional, não foi fácil introduzir a Corzus no país inteiro, o que para Eduardo foi mais fácil no exterior: “O produto brasileiro hoje é muito valorizado no exterior. E é muito mais fácil introduzir o produto lá fora. Essa relação comercial com o mercado internacional tem fluido naturalmente e preferimos que continue assim, de forma gradual, mas consistente”.

Lançamentos para 2019 e Desenvolvimento de Produtos

A empresa está otimista para 2019. “O cenário que nos apresenta é de mudanças e com certeza serão para melhor”, afirma Eduardo. Já para os próximos meses a Corzus irá lançar três novos produtos: Uma família nova de amplificadores para a Linha Z; um novo amplificador de alta potência na Linha Revolution e um processador de áudio.

Estes lançamentos são possíveis graças a troca que a Empresa realiza com lojistas e instaladores que testam o produto e os aproximam dos consumidores, dando feedback e possibilitando a Corzus fazer atualizações e upgrades em produtos já lançados.

“É o caso da linha Revolution, que percebemos em algumas visitas, que os instaladores estavam fazendo adaptações para obter mais entradas no amplificador. Então estamos relançando a linha já com novas entradas. Porque o nosso objetivo sempre foi esse, levar a solução ao instalador”, afirma Eduardo.

Alguns produtos da linha Z foram desenvolvidos para facilitar a instalação e baixar o custo para o consumidor . “Observando as instalações feitas em veículos cujo proprietário não quer trocar o aparelho de unidade central, vimos que se utiliza amplificadores com entrada RCA que precisam de um conversor de sinal e o Cabo RCA para efetuar a instalação, então resolvemos lançar os amplificadores próprios para este tipo de instalação que aceitam a entrada de sinal do aparelho original do veiculo, e não precisam de conversor de sinal nem de cabos RCA”. afirma Eduardo.

A Corzus apresenta algumas histórias de lançamentos de produtos inovadores, e que se destacaram no mercado, que nasceram desse contato com a loja e com a pesquisa intensa de mercado, entre elas o pioneirismo na criação do amplificador de três canais.

“Sempre procuramos inovar o que era comum, quando começamos foi assim. Nosso maior sucesso é a criação do amplificador de três canais. Chegávamos na loja e víamos o instalador com um módulo stereo e um módulo mono, e nos perguntávamos: O que eu posso fazer para ajudar ele a fazer a mesma coisa ou algo melhor com custo menor e mão de obra menor? Com a nossa visão de inovação, juntamos tudo num amplificador só para ele ter mais qualidade e menor custo e menor tempo”, conta Eduardo.

Linha de produção no galpão 1, local em que o produto começa a ser desenvolvido

É com essa visão de mercado e com a paixão de continuar desenvolvendo produtos que agreguem ao consumidor e facilitem o dia a dia do instalador, que a Corzus aumentará a linha de produtos no primeiro semestre, e continuará em busca de oferecer inovação e produtos que resistam ao mercado.

Estrutura da Fábrica

São dois galpões onde estão instalados:
Galpão 1 – escritório administrativo e comercial, estoque de matéria-prima, estoque de produtos, expedição, produção, linha de montagem, usinagem, corte, pintura e ferramentaria;
Galpão 2 – laboratório de desenvolvimento de produtos, eletrônica, teste de produtos e embalagem.

Por: Denise Andrade
Imagens: Equipe AM

Comente esta matéria

Fique tranquilo: o seu endereço de e-mail é apenas para controle interno e não será publicado. Os campos marcados são de preenchimento obrigatório! *

*

Voltar ao topo